Ir para o conteudo 1

Apresentação do Concurso de Desenho e Redação

Histórico dos concursos, apresentação dos objetivos e alguns resultados.

Início das inscrições

02/01/2007

Fim das inscrições

31/12/2012

Tema

Controle Social, Ética e Cidadania

O Estado deve aperfeiçoar e fortalecer continuamente os seus mecanismos de prevenção e combate à corrupção. No Brasil, devido às suas dimensões e à complexidade político social dos mais de cinco mil municípios existentes, é indispensável o estímulo permanente à participação social, a fim de que os cidadãos assumam o controle dos gastos públicos e a condição de co-autores da gestão pública. É com esse propósito que a Controladoria-Geral da União (CGU) desenvolveu e vem realizando o Programa Olho Vivo no Dinheiro Público.

Visando incluir professores e alunos como público alvo das ações desse Programa, bem como inserir no ambiente escolar discussões sobre temas relativos ao controle social e cidadania, a CGU idealizou a realização de um concurso de desenho e redação, objetivando a criação de uma cultura de participação e de pleno exercício de cidadania no Brasil desde os primeiros anos escolares.

Atingir o público docente e discente tem uma importância ímpar nessa luta de combate e prevenção à corrupção, uma vez que esse público, caracterizado como formador de opinião, seja no seio familiar ou no âmbito da própria comunidade, se reveste de grande legitimidade, pois os conhecimentos que produz têm grande credibilidade e são capazes de promover uma efetiva mudança na sociedade.

Desta forma, foi realizado em 2007, nas escolas localizadas nos municípios sedes dos eventos presenciais do Programa Olho vivo no Dinheiro Público, o 1º Concurso de Desenho e Redação da CGU, com o tema “Como a sociedade pode ajudar no combate à corrupção?”, gerando a participação de mais de 116 mil alunos do ensino fundamental, cujos trabalhos demonstram como crianças e adolescentes de várias regiões do Brasil compreendem e retratam o controle social, a prevenção da corrupção e a cidadania.

Em sua segunda edição, realizada já no ano seguinte, o Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União atinge novamente seus objetivos, tendo como resultado a participação de mais de 360 mil alunos de todo o Brasil. Desta vez, o concurso teve como tema "O que você tem a ver com a corrupção?", uma campanha da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP) e do Conselho Nacional dos Procuradores Gerais (CNPG), que tem a CGU como parceira. Essas instituições também apoiaram a realização dessa segunda edição do concurso, cujo objetivo é despertar nos estudantes o interesse pelo controle social, além de promover a reflexão e o debate sobre esse tema no ambiente escolar.

Como novidade principal, além das categorias para estudantes, em 2008 foi instituída a categoria Escola-Cidadã, criada com a finalidade de premiar as escolas que implementaram com excelência atividades de sensibilização e mobilização para que os jovens participassem do concurso. Essa iniciativa teve o objetivo de destacar que a mobilização, sensibilização e divulgação da temática do controle social e combate à corrupção é objetivo tão importante do concurso quanto a participação efetiva dos alunos.

Dando seguimento a uma iniciativa exitosa, a Controladoria-Geral da União – CGU – realizou em 2009 uma nova edição de seu Concurso de Desenho e Redação. Com o tema “Todos pela ética e cidadania: como posso contribuir para uma sociedade melhor?”, o 3º Concurso de Desenho e Redação da CGU seguiu no mesmo caminho, buscando estimular o público escolar de todo o território nacional a discutir as diversas formas de intervenção popular no trato da coisa pública, incentivando a prática da democracia participativa entre o público jovem.

Mais de 200 mil alunos foram mobilizados por cerca de 6.000 professores em mais de 1.300 escolas de ensino fundamental e médio do país, e mais de 4 mil desenhos e redações foram selecionados pelas próprias escolas para a fase final do concurso.

Depois de uma disputa acirrada, 33 peças foram escolhidas, dentre quatro categorias, como uma pequena amostra dos trabalhos recebidos pela Comissão Julgadora. Além dos estudantes, três escolas foram premiadas na categoria Escola-Cidadã pelos planos de sensibilização e mobilização desenvolvidos para o concurso. Também foram premiados os professores responsáveis pelos alunos vencedores. A cerimônia de premiação ocorreu durante as celebrações do Dia Internacional Contra a Corrupção, em 09 de dezembro.

As redações e os desenhos selecionados demonstraram, como nas edições anteriores, que o tema abordado foi bem compreendido pelos alunos, que souberam expressar, de forma simples e direta, sua preocupação e comprometimento com os valores éticos e o futuro de seu país. Coroando esse esforço, a leitura de trechos dos textos vencedores e a visualização dos desenhos premiados, durante as comemorações do Dia Internacional Contra a Corrupção, comoveu os presentes, tornando-se um dos pontos altos da cerimônia.

“Como será o futuro do Brasil com o dinheiro público bem aplicado?” Essa foi a pergunta lançada aos estudantes do Brasil pelo 4º Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União (CGU). Dentre os milhares de trabalhos recebidos, a Comissão Julgadora selecionou as 33 melhores obras, divididas em 11 categorias, como vencedoras do certame. Além dos estudantes, três escolas foram premiadas na categoria Escola-Cidadã pelos planos de sensibilização e mobilização desenvolvidos para o concurso.

No total, mais de 180 mil alunos foram mobilizados no país, e mais de 3 mil desenhos e redações foram selecionados pelas próprias escolas para a fase final do concurso. Os desenhos concorreram nas categorias 1º ano, 2º ano, 3º ano, 4º ano e 5º ano. As redações foram separadas nas categorias 6º ano, 7º ano, 8º ano, 9º ano, Ensino Médio (1º ao 3º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Em 2011, por sua vez, o concurso foi realizado como Projeto/Atividade Especial da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social (Consocial). Os Projetos ou Atividades Especiais visam a ampliar a participação da sociedade na conferência, podendo ser desenvolvidas sob a forma de debates acadêmicos, seminários, encontro de conselheiros, concurso culturais, como o de desenho e redação, dentre outras iniciativas. O tema do concurso da 5ª edição do concurso foi “A sociedade no acompanhamento da gestão pública: Todos podem fiscalizar o dinheiro público!”.